Hoje é quarta, 23 de junho de 2021    |    Recife / PE    |    Horário de Funcionamento: segunda a sexta das 08:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00

Notícias

Sinfarpe no Conselho Estadual de Saúde - CES/PE

05/05/2021

181426972_1644700079058933_8067595029879567426_n

O Sindicato dos Farmacêuticos no Estado de Pernambuco (SINFARPE) continuará com assento no Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco (CES/PE) representando a classe trabalhadora. A farmacêutica Bígyda Soares, que faz parte do Conselho Fiscal do sindicato, teve o nome indicado pela direção da entidade, e no dia 26/04, em eleição, foi escolhida por sua importante trajetória em defesa da saúde pública o Estado, do SUS e do envolvimento em políticas de assistência direcionadas a comunidades indígenas e afrodescendentes, especialmente no município de Olinda, onde já desenvolve atividade com estes grupos.

Para Brígyda, assumir o cargo de conselheira no CES/PE é uma grande responsabilidade, tendo em vista que o assento já foi ocupado por grandes nomes farmacêuticos do Estado, envolvidos no movimento sindical, a exemplo de Maria José Tenório, Veridiana Ribeiro e Hermias Velôso, três profissionais que ela considera referências na Assistência Farmacêutica em Pernambuco e na defesa do SUS. “Espero que o meu trabalho seja reconhecido e que eu possa obter conquistas nas bandeiras que defendo, além de contribuir de uma forma geral para o engrandecimento do Conselho Estadual de Saúde, bem como do SUS”, frisou.

Para a ex-conselheira e ex-presidente do SIFNARPE, Maria José Tenório, é muito importante que o sindicato mantenha a titularidade no CES/PE e o nome de Brigyda foi uma excelente escolha. “O Conselho tem função de deliberação e é formado pelo Governo, prestadores de serviços, trabalhadores e usuários, com representação paritária, com a finalidade de discutir a política de saúde do Estado, formular diretrizes para o plano estadual de saúde, as quais envolvem as características socioambientais, o perfil epidemiológico e a necessidades da população, sem contar que é o órgão que luta para manter o SUS em perfeito funcionamento”, assinalou.

O presidente do Sinfarpe, Holdack Velôso, ressaltou que a indicação da farmacêutica foi consensual entre os diretores do sindicato, pois se trata de uma profissional aguerrida, com um trabalho excepcional realizado nas comunidades pobres de Olinda e pelo interesse voltado às comunidades indígenas e afrodescendentes. O objetivo de Brígyda é que suas propostas sejam aceitas e expandidas para todo o Estado, pois as comunidades indígenas têm sido pouco beneficiadas pelas políticas à saúde.

Sindicato é pra lutar.
Justiça Juntos!
SINFARPE


Veja outras publicações